Conheça o crime que cometemos contra nossos negócios.

Você sabe dizer se “seu queijo já estava velho ou terminando” antes dessa pandemia começar?

Nesse vídeo você vai entender, através da parábola baseada no bestseller “Quem mexeu no meu queijo” de Spencer Johnson, porque essa pandemia em muitos casos, apenas acelerou o que já estava para acontecer.

Cheirar seu queijo com frequência para ver se está ficando velho, ficar atento aos sinais do mercado e se antecipar aos problemas é o objetivo de muitas pessoas e empresas. Porém o caminho nunca é tão fácil quanto parece.

De repente, aparece um tsunami e vira tudo de cabeça para baixo e isso é desanimador. Faça a primeira crítica quem nunca foi pego de surpresa pelo mercado. Então como agir diante dessa situação para não fazer igual?

Um dos caminhos é justamente cheirar o queijo com frequência, sair da zona de conforto, enfrentar os medos e buscar queijo novo.

Até por que, o fato de apenas manter um negócio em tempos normais já não é tão simples e se no caminho, aparecer surpresas como essa que estamos passando, estar preparado é questão de sobrevivência. E lembre-se: não serão os maiores quem sobreviverão e sim aqueles que se adaptarem mais rápido ao novo cenário.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − onze =

× Como posso te ajudar?